Pages

domingo, 31 de agosto de 2008

Os 10 Cães Mais Espertos

As 10 raças de cachorros consideradas as mais espertas do mundo.

No dito popular os cães são os melhores amigos do homem. Mas, há controvérsias. Tem gente que não gosta mesmo dos amigos peludos.
Quem possui ( ou já possuiu) um cachorro provavelmente já encontrou sapatos roídos, pêlos no sofá, vómito no tapete da sala ou xixi no tapete do quarto. Muitos reclamam do cheiro do cachorro, mas isso se resolve com uma boa higiene.
Neste post não vou estar comentando sobre a "violência" ou "brutalidade" de alguns cães.
Tem quem diz que a inteligência dos cães depende de como seu dono o treinou, outros que vem da raça,dos genes... Acho que deve ser uma combinação dos dois.
Segue aqui uma lista dos mais inteligentes segundo os adestradores:

1: Border Collie

O Border Collie é conhecido como um dos mais inteligentes, entre todas as raças de cães. É um cão espirituoso, que adora o trabalho, e está sempre pronto para uma boa brincadeira.

“Muito simpático, já é artista de TV, pois possui características notáveis para os mais diversos tipo de adestramento, incluindo o Agility.

É extremamente ativo e, a menos que exerça algum tipo de atividade física diariamente, não é uma raça que melhor se adapta em apartamento, ou ambientes fechados. O Border que fica muito tempo preso acaba ficando nervoso e muito agitado. É um cão que precisa gastar sua energia.

A altura de um Border Collie adulto é de 53 cm. na altura da cernelha, e as fêmeas são pouco menores.

2: Poodle

O Poodle é um dos mais famosos cães franceses. É um cão, considerado por especialistas, dos mais inteligentes. É capaz de aprender com extrema facilidade, o que o tornou muito difundido em todo o mundo. Além dessas qualidades, deve-se levar em conta sua beleza e originalidade.

Trata-se na realidade, de um cão anatomicamente bem constituído e muito gracioso, que se dinstingue também, pela sua característica tosa, q
ue o diferencia de qualquer outra raça. É um excelente companheiro. De linhas harmoniosas, aspecto inteligente, constantemente alerta e ativo.

É famoso pela fidelidade, aptidão para o adestramento, obediência, o que faz dele um cão de companhia muito agradável. Seus olhos, têm coloração marrom, âmbar escuro, ou preta, dependendo da pelagem.

São situados na altura do stop, e são levemente oblíquos. As orelhas são longas e a cauda de inserção bastante alta.

A pelagem do tipo crespa é abundante, de textura fina, lanosa, bem crespa, elástica e resistente a pressão da mão. A pelagem do tipo encordoado é, também, abundante, de textura fina e espessa que forma cordõesinhos típicos e longos, não inferiores a 20 cm. As cores são o preto, branco, marrom, cinza e abricó.


Quanto ao tamanho, temos 4 variedades: tamanho gigante, de 45 à 60 cm. na altura da cernelha; tamanho médio, de 35 à 45 cm. na altura da cernelha; tamanho miniatura ou anão, de 28 à 35 cm. na altura da cernelha, e por fim o Toy, com no máximo 28 cm. na altura da cernelha.

3: Pastor Alemão

Os cães de pastoreio demonstram coragem, inteligência e combatividade. Além disso, são fortes, velozes, e particularmente resistentes às grandes caminhadas e à interpérie.

O Pastor Alemão, é o mais conhecido cão pastor. É utilizado hoje em dia, principalmente como guardião e protetor, como auxiliar na luta contra o tráfico de entorpecentes, eficaz para resgate de pessoas feridas, guia de cegos, além de ser um companheiro insuperável.

É, sem dúvida um cão muito inteligente. Gosta do trabalho, e aprende com muita facilidade. Um ótimo companheiro, o Pastor Alemão deve também demonstrar coragem e dureza, em defesa do dono e de seus bens.



É vigilante, fiel e manso com as crianças e os outros animais. Diante de estranhos demonstra desembaraço, e segurança.

O caráter é uma de suas qualidades mais importantes. Possui um sistema nervoso equilibrado, grande desenvoltura, vigilância, fidelidade, incorruptibilidade, e, além disso, coragem e engenho na defesa. É um cão de porte médio, medindo de 55 cm. a 65 cm., na altura da cernelha, estrutura levemente alongada, robusta e musculosa, estrutura sólida, porém ossatura fina. Sua pelagem é dura, de cobertura espessa os pêlos são retos, duros e muito aderentes, insensíveis à interpérie.

4: Golden retriever

Alegre, ágil, forte, de movimentos leves, expressão mansa e caráter dócil. Essas características resumem os principais traços deste belíssimo cão de caça, que adora aprender e está sempre pronto ao trabalho. É muito inteligente, obediente e está apto a realizar as mais diversas funções.

De olhos escuros e corpo bem equilibrado, o Golden Retriever tem pelagem lisa ou ondulada, com franjas. O sub-pêlo é espesso e resistente à água. As cores aceitas são qualquer tonalidade de ouro ou creme, mas nunca vermelho. Alguma presença de pêlos brancos no peito é permitida.

Os filhotes são alegres, brincalhões e muito ativos. Ficam sempre por perto, e adoram correr e brincar com os seus donos. Muito Companheiros, os Goldens, são amáveis e pacientes com as crianças. São dóceis com outros animais e pessoas desconhecidas, desde que socializados ainda pequenos.

O pêlo pode ser escovado de 3 a 4 vezes por semana, e os banhos podem ser quinzenais, (somente a partir dos 2 meses de vida). A altura do Golden varia de 56 à 61 cm., na altura da cernelha, (para os machos), e de 51 à 56 cm. (para as fêmeas). O peso médio da raça é de 25 à 27 kg., proporcionais à altura do animal.

5: Dobermann

Um elegante cão de trabalho, de andadura elástica e leve, capaz de cobrir terrenos extensos, especialmente apto a defesa e a guarda. Tem qualidades físicas e psíquicas fantásticas. É atento, obediente, muito fiel e de fácil adestramento devido à sua inteligência, à sua aptidão natural para a guarda, ao seu ótimo olfato, à sua vontade de trabalhar e à sua obediência. De constituição muito robusta, o Dobermann é muito resistente, suporta bem às interpéries e, em qualquer circunstância está disposto a sacrificar a própria vida

para proteger o dono. É um cão de estrutura média, forte e bem musculosa. Os olhos tem forma ovalada e tamanho médio, castanho, o mais escuro possível. O dorso é curto e forte e a pelagem curta, dura, espessa, lisa e nunca aderente. As cores são o preto, o castanho-escuro, ou o azul, com discretas manchas vermelho-ferrugem.

A altura, medida na altura da cernelha, é de 68 cm. no machos, com um máximo de 70 cm. As fêmeas, medem de 63, à 66 cm., com um máximo de 67 cm.

6: Collie

Uma de suas principais características é a inteligência, que, aliada ao seu dote físico, lhe permite desenvolver não só tarefas que lhe são próprias, isto é, as de cão pastor, mas também as de adestramento policial, guarda, caça e obediência.

A estrutura física do Collie expressa força e agilidade. Conquista imediatamente como cão de grande beleza, demonstrando dignidade e nobreza, com cada zona do seu corpo bem proporcionada ao conjunto.

A altura varia de 56 cm. a 61 cm. para os machos; de 51 cm. a 56 cm. para as fêmeas, medidos na altura da cernelha. O peso pode variar de 18 a 29 kg.



A pelagem confere harmonia à forma do cão. Na variedade de pêlo longo (Rough Collie), a pelagem é muito densa, tem cobertura áspera e subpêlo suave e compacto, quase ocultando a pele.

A coloração admitida inclui três tons: marta e branco, tricolor e azul merle.

7: Labrador Retriever

O aspecto geral do Labrador é o de um cão de constituição robusta, curto e sólido, muito ativo, de lombo e traseira largos e robustos, de pêlo curto, aderente e sem franjas, com presença de um espesso subpêlo.

Os olhos são de tamanho médio, expressam inteligência e bom temperamento, de cor castanha ou avelã.
A pelagem é uma característica importante da raça. É curta, espessa, sem ondulação. É muito dura ao tato, e apresenta um subpêlo resistente à água. A cauda, grossa na base, é outra característica própria da raça.

De comprimento médio, a cauda está praticamente desprovida de franjas, mas é interamente coberta com a pelagem característica do Labrador: curta e espesa. As cores são o preto, o fígado e o amarelo. Esta última, pode variar entre o vermelho e o creme. A cor é uniforme e não deve apresentar pintas ou manchas. O tamanho do Labrador varia de 55 à 57 cm. na altura da cernelha, para os machos, e de 54 à 56 cm. para as fêmeas.

8: Papillon

Cachorro ideal para companhia. Possui um temperamento meigo e tranqüilo. Suas orelhas têm o formato de asas de borboleta, por isso o nome, que é borboleta em francês. Apesar de peludo, o Papillon tem a pelagem fácil de tratar por dois motivos: não tem subpêlo, e não são muito longos no corpo. E não passam por períodos de troca de pêlos intensa.

Cuidados especiais com o Papillon: o filhote é sensível a quedas e trancos. Deve ser escovado uma vez por semana e tomar banho quando estiver sujo.

Tamanho do Papillon: aproximadamente 28 cm.

Peso do Papillon: esse cachorro se encaixa em duas categorias: menos de 1,5 a 2,5 Kg e de 2,5 a 5 Kg.

9: Rottweiler


As origens desta raça são remotas, e várias as hipóteses propostas. Os alemães asseguram que o Rottweiler é de criação absolutamente germânica, tendo a cidade de Rottweil como a origem do nome da raça. O Rottweiler teria, assim, se originado do Mastim do Tibet, que servia os romanos como guarda e para condução do gado.

É um cão acima do tamanho médio, nem pesado nem leve. Não é alto, seu corpo é curto, compacto e robusto.

Sua inteligência é notável, e sua devoção e dedicação ao trabalho são extraordinárias, assim como sua obediência, incorruptibilidade, sua força e sua tenacidade. O aspecto geral da raça demonstra,à primeira vista, espontaneidade e coragem. Seu olhar tranquilo denota suavidade e fidelidade absoluta. Seu caráter está isento de inquietação e nervosismo, não tem malícia, nem falsidade. Seus olhos, de tamanho médio e cor castanho-escuro expressam ternura e fidelidade.


A pelagem do Rottweiler é curta, densa, de pêlo reto. Sem sub-pêlo no pescoço, e de tamanho mais longo somente nos membros anteriores, posteriores, e na cauda, enquanto no resto do corpo tem uma pelagem mais curta e bem aderente. A altura desejada, medida na cernelha, é de 60 à 68 cm. para os machos, e de 55 à 65 para as fêmeas, sempre em harmonia com a estrutura geral.

10: Australian Cattle Dog


É um cão para trabalho com gado (pastoreiro), sendo largamente utilizado nas fazendas dos EUA, Austrália e Canadá.

De temperamento calmo, porém desconfiado com estranhos, e
muito apegado ao dono e sua morada, o Australian Cattle Dog pode ser o cão ideal para guarda de propriedades rurais, visto que trata o local aonde vive como seu palácio.

“Vem sendo muito utilizado no Brasil por fazendeiros, devido a sua incansável vontade de trabalhar e também a sua obediência com o
dono ou tratador”.

Infelizmente, cerca de 90 a 95% da população desta raça no Brasil não é registrada, o que torna trabalhoso o reconhecimento da raça.


Fonte: http://www.funnbee.com

http://www.guiaderacas.com









1 comentários:

lucasduquette disse...

Cachorros são absolutamente fantásticos. Não imagino alguém que não consiga gostar de algum deles. Já eu, infelizmente, não posso comprar um. Primeiro porque moror num apartamento pequeno demais, o que me dá dó. Gosto de dar espaço para que ele possa correr! E segundo que não poderia dar a atenção necessária. Gostaria de brincar todo dia, cuidar sempre e tudo mais. Infelizmente, nas atuais circunstâncias, é impossível. Mas quem sabe um dia?

Ótimo post! Adorei!